Sargento apresenta trabalho social durante exibição de série nacional

Por ASCOM às 20/12/2016 14:07

Projeto “Catingueiros da Esperança” tem transformado a vida de crianças e adolescentes do local

Texto de Wanessa Neves

O sargento da Polícia Militar de Alagoas Carlos Alexandre, lotado no 1º BPM, participou no fim de semana do quadro ‘Heróis possíveis para causas impossíveis’, nova série documental do programa “Como Será?”, da TV Globo, que conta trajetórias inspiradoras de pessoas comuns.

 

No quadro, o personagem principal da matéria é José Francisco, um morador da região dos Canyons do Rio São Francisco, região polo de preservação da caatinga em Alagoas, que desenvolveu o turismo ecológico numa região antes desmatada pela exploração do carvão.

 

Durante o programa, o sargento aparece ministrando uma instrução prática de rapel tático e resgate em altura para os participantes do projeto. Ele afirma na entrevista que em uma das idas e vindas ao local, para ministrar o esporte radical, conheceu José Francisco que, de imediato, o convidou para desenvolver o projeto social “Catingueiros da Esperança”, desenvolvido pelo militar, e que tem transformado a vida de crianças e adolescentes do local.

 

 

Sobre o projeto

O Projeto “Catingueiros da Esperança”, criado pelo militar em julho deste ano, reúne quinzenalmente 10 crianças e adolescentes, com faixa etária de 8 a 17 anos, do povoado “Olho D’Aguinha”, no município de Delmiro Gouveia.

 

A ideia da criação do projeto surgiu no ano de 2015, em qual após uma visita do sargento à região, ele percebeu a ociosidade dos jovens e sentiu que era necessário realizar um trabalho contra as drogas, levando em conta as especificidades da região de caatinga.

 

O objetivo é formar adolescentes através das vertentes do respeito, hierarquia e disciplina, fundamentos essenciais do serviço militar, repassando informações sobre educação e prevenção às drogas.

 

 

A ação recebe o apoio do coronel da reserva remunerada Francisco de Assis Pereira, do soldado Flávio Loureiro do 9º BPM, além de empresários da região.

 

Os participantes são acompanhados pela assistente social Lidia Fagundes de Novaes Barros, que, frequentemente, visita suas escolas para constatar além da presença, o desenvolvimento de cada um. Dentro do projeto, os jovens recebem capacitação em Operações e Resgate em Altura; Atendimento Pré-Hospitalar; Orientação com bússola e Preservação da Caatinga, bioma característico do território nordestino.

 

“São crianças de uma comunidade carente, com pouca expectativa de um futuro promissor, onde herdam a tradição dos pais, que é trabalhar com agricultura e a criação de animais”, explicou Carlos Alexandre.

 

Esta é a segunda ação social desenvolvida pelo militar. Em 2011, quando ele trabalhava na Base Comunitária do Jacintinho, criou o Projeto Radical Kids, com crianças pertencentes à comunidade, posteriormente o projeto foi expandido para a Base do Vergel.

 

A previsão para o ano que vem é que a ação passe a atender cerca de 50 jovens, sendo que, para isso, é necessário um maior apoio financeiro e material.

 

Confira a matéria especial do programa no link: http://g1.globo.com/como-sera/edicoes/2016/12/17.html#!v/5516736?utm_source=whatsapp&utm_medium=share-bar-desktop&utm_campaign=share-bar

Estado de Alagoas
Secretaria de Estado da Segurança Pública

R. Zadir Índio, 213
Centro, Maceió/ AL
57020-480

Telefones:
Recepção: (82) 3315-2378 / Protocolo: (82) 3315-2381 / Administrativo: (82) 3315-2357

E-mails:
protocolo@seds.al.gov.br / seds@seds.al.gov.br

Copyright @2021
Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por TI/SSP AL