SSP vai orientar secretarias sergipanas sobre processos licitatórios simplificados

Por ASCOM às 01/02/2017 14:37 - Atualizado em 07/02/2017 10:14

Acordo colaborativo ficou acertado após reunião entre a Segurança Pública alagoana e gestores do estado vizinho

Texto de Gildo Júnior

A Secretaria de Estado da Segurança Pública de Alagoas (SSP) garantiu, em reunião com gestores das secretarias de Infraestrutura e de Justiça de Sergipe, nessa terça-feira (31), a orientação de profissionais que atuam nas pastas sobre a utilização do Regime Diferenciado de Contratações (RDC) em processos licitatórios. Os secretários sergipanos conheceram ainda a funcionalidade dos Centros Integrados de Segurança Pública (Cisps) e do novo método de construção civil adotado pela SSP.

“Os gestores ficaram satisfeitos com os modelos de gestão adotados por Alagoas, e a SSP vai colaborar com as pastas orientando engenheiros e profissionais da área jurídica do governo de Sergipe sobre a modalidade simplificada de contratação de empresas já na próxima semana”, garantiu o chefe da Segurança Pública alagoana, Lima Júnior.

Secretário Lima Júnior garantiu apoio aos gestores já na próxima semana

Os modelos implantados pela SSP também foram apresentados aos secretários de Infraestrutura de Sergipe, Valmor Barbosa Bezerra, e da Justiça e de Direito ao Consumidor, Cristiano Barreto Guimarães, pelo secretário de Gestão Interna da SSP, Delano Sobral.

“Alagoas sempre foi colocada como manchete negativa em veículos nacionais de comunicação, e essa visita mostra que estamos expandindo fronteiras em um caminho reverso, sendo modelo positivo para outros estados. Isso deixa todos que fazem a Segurança Pública alagoana muito felizes”, avaliou Sobral.

CONTRATAÇÃO SIMPLIFICADA

A SSP tem utilizado em seus processos licitatórios um novo método de contratação bem mais simples: o Regime Diferenciado de Contratação (RDC) – modalidade de licitação criada para a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

A Lei do RDC sofreu alterações e, com isso, a utilização da modalidade foi estendida para a construção não só de arenas esportivas, mas também de aeroportos, obras de mobilidade urbana e ações de segurança pública. O principal ganho é a redução de trâmites burocráticos e agilidade nas contratações.

Secretário Delano Sobral explicou os benefícios da implantação do RDC na SSP/AL

“Com o RDC, temos uma inversão de etapas. Primeiramente, julgamos a proposta comercial das empresas e, só após a escolha da vencedora da licitação, solicitamos a documentação de habilitação da empresa. Antes, tínhamos um procedimento extremamente burocrático em que analisávamos a habilitação de todas as concorrentes, uma a uma, e só superada essa etapa, julgaríamos preço”, explicou o secretário de Gestão Interna da SSP.

Além disso, com a etapa de lances do RDC, há maior competitividade entre as empresas e, com isso, redução de custos para o Estado. A etapa de lances é feita virtualmente por meio de sistema similar a um chat, garantindo, assim, a participação de empresas de qualquer parte do país.

INTEGRAÇÃO EFICAZ    

O secretário Lima Júnior compartilhou ainda as conquistas obtidas pela criação dos Centros Integrados de Segurança Pública (Cisps), mostrando que as regiões já beneficiadas ganharam mais segurança e praticidade no atendimento oferecido pelas policias Civil e Militar do Estado, que trabalham em conjunto num único ambiente. O chefe da Segurança Pública também destacou a valorização do servidor com a construção dos Cisps, visto que as unidades integradas substituem ambientes de trabalho precários.

CELERIDADE EM OBRAS

O Governo Renan Filho optou, desde o início, por métodos construtivos que fossem seguros e, sobretudo, mais céleres. Com isso, a SSP trocou a construção civil tradicional pela execução de projetos com o uso de placas pré-moldadas, que garantem obras sem entulhos, redução de desperdício de materiais e a conclusão dos trabalhos em menos tempo – o que, consequentemente, alcança os cidadãos com maior eficiência. O novo método foi utilizado na construção dos Cisps.

“Para levantar um muro tradicionalmente, a gente demandaria dois dias, por exemplo. Com esse novo método, é possível obter os mesmos resultados em meio turno. O sistema é muito mais ágil e gera menos transtornos, visto que obras com alvenaria provocam muita sujeira”, exemplificou Sobral.

Estado de Alagoas
Secretaria de Estado da Segurança Pública

R. Zadir Índio, 213
Centro, Maceió/ AL
57020-480

Telefones:
Recepção: (82) 3315-2378 / Protocolo: (82) 3315-2381 / Administrativo: (82) 3315-2357

E-mails:
protocolo@seds.al.gov.br / seds@seds.al.gov.br

Copyright @2022
Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por TI/SSP AL