Alagoana é 1ª mulher policial civil no Brasil a concluir Curso de Operador Aerotático

Por ASCOM às 12/09/2017 15:21
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someonePrint this page

Após rigoroso processo de treinamento e avaliação, agente se capacitou para exercer seleto trabalho de tripulante operacional

 

Texto de Ascom PC/AL

Renata Cavalcante da Purificação, 35 anos, é a primeira policial civil no Brasil a concluir o Curso de Operador Aerotático. Este ano, em Alagoas, o curso (COAT-217) foi promovido pela Secretaria de Estado da Segurança Pública de Alagoas.

O treinamento começou em julho e teve por objetivo capacitar profissionais de segurança pública com conhecimentos técnicos relativos ao trabalho de Operações Aéreas. Os novos tripulantes operacionais formados compõem as guarnições das novas bases aéreas descentralizadas no Estado.

Existem apenas três mulheres alagoanas tripulantes operacionais, sendo todas militares. No país, são apenas oito mulheres tripulantes, todas também militares.

Casada, mãe de uma menina de três anos, a policial está há três anos e sete meses no quadro da Polícia Civil alagoana, tendo exercido suas funções no 22º Distrito Policial da Capital, na Operação Policial Litorânea Integrada (Oplit), 2ª Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Mulher e, atualmente, encontra-se exercendo suas funções na Asfixia.

Renata, que é a filha mais velha de Maria Goretti Cavalcante, também agente da Polícia Civil de Alagoas, após o curso, salienta ter certeza que nasceu para ser policial. “É o sangue que corre em minhas veias, e tripulante aérea, foi um sonho realizado, espero agora poder contribuir como tripulante operacional, e a cada dia buscar mais conhecimentos. É indescritível a sensação de conclusão deste curso”, concluiu Renata.

Estado de Alagoas
Secretaria de Estado da Segurança Pública

R. Zadir Índio, 213
Centro, Maceió/ AL
57020-480

Copyright @2017
Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por TI/SSP AL