Segurança Pública apresenta detalhes da prisão de 23 envolvidos em homicídios em Maceió e Região Metropolitana

Por ASCOM às 09/10/2017 16:10
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someonePrint this page

Detalhes das prisões foram repassados durante entrevista coletiva, realizada nesta segunda-feira (09)

Texto de Vanessa Siqueira

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) realizou uma entrevista coletiva, na manhã desta segunda-feira (09), para apresentar detalhes da prisão de 23 pessoas, entre eles alguns adolescentes. Todos eles são suspeitos de praticarem homicídios em Maceió e na Região Metropolitana.

O coordenador da Delegacia de Homicídios da Capital (DHC), delegado Fábio Costa, apresentou detalhes da prisão de um adolescente e outros oito homens, todos pelo crime de homicídio. As prisões aconteceram entre setembro e o início de agosto e são frutos de mandados de prisão preventiva, que foram expedidos após investigação criminal.

Um dos crimes elucidados foi o que ocorreu no bairro do Jaraguá e foi flagrado pelas câmeras do Videomonitoramento da Segurança Pública. Everton Luiz da Silva, de 27 anos, se apresentou à polícia dias depois de ter participado da morte de Edson Alves da Silva. O delegado explicou que Everton teria cometido o crime por ciúmes de sua ex-companheira, que mantinha um relacionamento com a vítima. O autor material do crime, J.L.S.N. se apresentou e confessou o crime e a polícia agora aguarda que sua prisão seja decretada.

Também foram presos em Maceió Vinicius Henrique da Silva, de 20 anos, Ricardo César dos Santos Silva, conhecido como “Animal”, de 30 anos, Cláudio Galdino dos Santos Filho, de 30 anos, José Darlan da Silva Diniz, de 21 anos, Luciano José da Silva, o “Galo Cego”, de 35 anos, Miguel Vicente da Silva, de 54 anos, Severino Souza dos Santos, de 60 anos, e apreendido o adolescente A.C.S.N., de 17 anos. O adolescente foi apreendido com 150 quilos de maconha no Eustáquio Gomes e possuía um mandado de apreensão por homicídio.

Rio Largo

O delegado Rubens Martins, titular do 24º Distrito Policial de Rio Largo, repassou detalhes da prisão de Wederlan Ângelo de Higino. Ele foi preso em cumprimento a mandado de prisão expedido da 3ª Vara Criminal de Rio Largo, por ter matado seu sócio em uma empresa de internet, Misael Nunes Júnior.

Também foram presos em cumprimento de mandado de prisão preventiva Erenildo Marques da Silva, Paulo Fernando de Oliveira Júnior, Erivaldo da Silva e Luiz Felipe Conceição Silva.

Marechal Deodoro

Já em Marechal Deodoro, as equipes comandadas pelo delegado Rodrigo Colombelli e da 5ª Companhia Independente prenderam Gabriel dos Santos Silva, que é suspeito de praticar um duplo homicídio no município. Ele morreu durante confronto com a Polícia Militar no último dia 26 de setembro. Também foi preso Rodrigo Costa da Rocha e apreendido um menor.

Pilar

O delegado José Carlos dos Santos, titular do 23º DP no Pilar deu detalhes da prisão de Alexandre França da Silva, conhecido como “Feroz”, de 23 anos. Ele é o autor do homicídio praticado contra o sargento da Polícia Militar Aristeu de Oliveira Souza.

Também foi preso no município Jeferson Henrique dos Santos Silva, conhecido como “Morrão”, Jeanderson dos Santos, de 19 anos, e foram apreendidos os menores W.A.S., de 17 anos, e de J.F.D.S. de 16 anos. Este último confessou ter praticado dois homicídios no município.

O delegado destacou que com a prisão de “Feroz” e “Morrão”, a polícia conseguiu desvendar a autoria de vários crimes ocorridos no município.

O secretário da Segurança Pública, Lima Júnior parabenizou o trabalho das equipes envolvidas nas ações, que em pouco tempo prendeu suspeitos de vários crimes.

“Mais uma vez mostramos que o trabalho integrado realizado pelas polícias tem tido um bom resultado”, disse.

A Gerente de Polícia Judiciária Região 1 (GPJR), delegada Ana Luíza Nogueira, também parabenizou as equipes envolvidas nas ações, frisando a importância do trabalho investigativo desempenhado. “É importantíssimo todo esse trabalho, que em tão pouco tempo conseguiu chegar a esta quantidade de presos”, disse.

Já o comandante do Policiamento da Capital, Coronel PM Neyvaldo Amorim, afirmou que as realizadas em Maceió e na região Metropolitana são importantes para conseguir reduzir os índices de criminalidade na região. “Estas são cidades chave e este trabalho coíbe a criminalidade. É importante parabenizar e incentivar todos os envolvidos”, completou.

Estado de Alagoas
Secretaria de Estado da Segurança Pública

R. Zadir Índio, 213
Centro, Maceió/ AL
57020-480

Copyright @2017
Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por TI/SSP AL