Ronda no Bairro encaminha dependente químico para a Rede Acolhe

Por ASCOM às 15/03/2018 09:24

Em situação de rua, jovem aceitou tratamento disponibilizado pela Seprev

 

Ana Daniella Leite

Identificar e encaminhar casos de pessoas em situação de vulnerabilidade social é um dos eixos de atuação do Programa Ronda Bairro, que foi criado e estruturado para integrar e facilitar o acesso a diversos serviços públicos oferecidos à população.

E foi nesse contexto que, na manhã desta terça-feira (14), agentes de proximidade que realizam o patrulhamento de bike no Corredor Vera Arruda, no Stella Maris, acionaram a equipe de Articulação e Mobilização Social do Ronda, para atender Wallysson da Silva Santos, de 24 anos. Os agentes conversaram com o jovem e identificaram a necessidade de um atendimento específico para o seu caso.

Após o atendimento, Wallysson aceitou ser encaminhado para uma das 37 unidades da Rede Acolhe, serviço oferecido pela Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev), que busca fortalecer ações de inclusão e resgate social de pessoas com dependência química.

“Trabalhamos em parceria com a Rede de Atenção Psicossocial, seja para o encaminhamento ou referenciamento de casos de pessoas em situação de vulnerabilidade identificadas pelos agentes de proximidade ou durante as abordagens realizadas pela equipe social”, informou Áurea Vasconcelos, coordenadora de Articulação e Mobilização Social do Ronda no Bairro.

Programa Ronda no Bairro

É um programa do Governo de Alagoas e está sob a competência das Secretarias de Estado da Segurança Pública (SSP); de Prevenção à Violência (Seprev); da Assistência Social (Seades) e da Ressocialização e Inclusão Social (Seris).

A filosofia de trabalho empregada já foi muito estudada, difundida e executada em diversos países do mundo e por alguns dos estados brasileiros. Por aqui, o programa foi além, e tem por base quatro eixos de atuação: segurança de proximidade; abordagem social/comunitária; atenção à população em situação de vulnerabilidade social e articulação para a requalificação de espaços de convivência mútua degradados.

Desde o dia 4 de janeiro, o programa atua na área do Jacintinho, em dois turnos de serviço. São 60 agentes de proximidade que realizam rondas a pé, de moto e de bicicleta, na área comercial do Jacintinho, no trecho compreendido entre a TV Ponta Verde e a Escola Municipal Lamenha Lins.

No último dia 10, o Ronda foi lançado na orla marítima de Maceió, 132 agentes de proximidade realizam rondas nas quatro modalidades de patrulhamento nas áreas comerciais do Jaraguá, Pajuçara, Ponta Verde, Jatiúca, Cruz das Almas e Jacarecica.

Estado de Alagoas
Secretaria de Estado da Segurança Pública

R. Zadir Índio, 213
Centro, Maceió/ AL
57020-480

Copyright @2019
Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por TI/SSP AL