Campanha Outubro Rosa alerta servidoras da SSP sobre prevenção contra o câncer de mama

Por ASCOM às 25/10/2018 14:55

Iniciativa contou com a presença de assistente social e entrega de cartão de acompanhamento da mulher

Por Mark Augusto

Já fez os exames preventivos esse ano? Foi com essa abordagem que o Núcleo de Qualidade de Vida da Secretaria da Segurança Pública (SSP) percorreu o prédio, nesta quinta-feira (25), conversando com as mulheres sobre a importância da prevenção contra o câncer de mama. A iniciativa acontece anualmente e faz parte das ações do Outubro Rosa, que alerta sobre os cuidados com a saúde.

Os integrantes do Núcleo alertaram as servidoras sobre os perigos do câncer de mama e entregaram um cartão de acompanhamento para que elas possam fazer os exames preventivos e, desta forma, manter a saúde em dia.

De acordo com Ministério da Saúde, estima-se que a cada 100 mil mulheres, 59 mil são detectadas com câncer de mama. Apesar da doença se manifestar com mais incidência nas mulheres, homens também podem ser diagnosticados com este tipo de câncer.

Para Emerson Moura, chefe do Núcleo de Qualidade de Vida da SSP, a campanha do Outubro Rosa é muito importante para as mulheres e assim como outras atividades desenvolvidas ao longo do ano, estimula a prevenção entre os servidores. “Estamos conversando com as servidoras estimulando as ações preventivas, inserindo na Secretaria a cultura do prevencionismo procurando alertar sobre essas doenças que atingem a saúde da mulher. Então é sempre muito importante fazer esse trabalho aqui com nossas servidoras”, afirmou.

Símbolo de superação e luta contra o câncer, a major da Polícia Militar, Cláudia Falcão Bastos, também participou da ação e falou às servidoras da importância de prevenir a doença antes dela ser diagnosticada em estágio avançado. A Oficial foi diagnosticada em 2015 após realizar exames preventivos, se submeteu aos procedimentos para combate ao câncer e hoje é exemplo para outras mulheres.

“O Câncer de mama quando detectado precocemente tem cura, então você não vai precisar tirar sua mama inteira ou fazer radioterapia. Todos esses procedimentos podem levar a mulher a um processo muito doloroso de sua vida, então é importante que você apalpe a mama e faça exames anualmente justamente para prevenir essa doença que fragiliza também toda a família”, destacou.

Cláudia reforça ainda que a prevenção é um diferencial na saúde da mulher e por isso é importante estar em dia com os exames preventivos. “Ele [o câncer] não escolhe idade nem sexo. Quando ele vem não avisa, então é preciso estar em alerta e fazer exames preventivos. Aplique eles em sua rotina”, orientou.

Estado de Alagoas
Secretaria de Estado da Segurança Pública

R. Zadir Índio, 213
Centro, Maceió/ AL
57020-480

Copyright @2018
Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por TI/SSP AL