Operação integrada prende envolvidos em ataque a ônibus no Rosane Collor

Por ASCOM às 05/12/2018 15:18

Detalhes do trabalho foram repassados durante entrevista coletiva, neta quarta-feira (05)

Texto de Vanessa Siqueira

A Secretaria de Estado da Segurança Pública de Alagoas apresentou, durante entrevista coletiva nesta quarta-feira (05), o resultado das ações integradas com foco na prisão dos autores do ataque a um ônibus, ocorrido no conjunto Rosane Collor, no último sábado (01). Duas pessoas foram presas.

As forças de segurança tomaram medidas imediatas logo após o ataque e nesta terça-feira (04) uma operação integrada conseguiu prender envolvidos na ação, além de identificar foragido. A ação foi realizada pela Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic), da Polícia Civil, em parceria com o Batalhão de Operações Especiais (Bope) e o 4º Batalhão.

Foram presos Bruno Lima da Silva, 22 anos, e Wilian dos Santos Lima, conhecido como Pitbull, 20 anos. Na residência de Wilian foram apreendidos 300 gramas de maconha, 30 gramas de cocaína, uma balança de precisão e galões vazios para armazenamento de combustível. Já na casa de bruno a polícia apreendeu cinco coquetéis molotov prontos para uso.

Além deles a polícia identificou que a ordem para o ataque foi dada pelos reeducandos Jaílson da Conceição, o Asiático, 24 anos, e Edvaldo Bernardino da Silva Neto, 40 anos. Segundo o delegado Fábio Costa, todos eles vão responder por organização criminosa e dano qualificado. A soma das penas pode chegar a 26 anos de prisão.

“Ficou constatado que a queima do ônibus aconteceu em protesto a suspensão das visitas no sistema prisional. O serviço de Inteligência detectou que o Edvaldo foi o mandante principal do ataque, mas também há participação do Asiático. Interrogamos ambos na Deic e também os presos e diante de tudo não resta dúvidas da participação de todos na ação”, explicou.

Também foi constatada a participação de Daniel Rodrigo Lima da Silva, conhecido como Danilinho, 21 anos, que está foragido. Quem tiver informações sobre ele pode auxiliar a Segurança Pública denunciando por meio do Disque-Denúncia 181. A identidade do denunciante será preservada.

Durante a coletiva o secretário da Segurança Pública, Lima Júnior, parabenizou o empenho das Polícias Civil e Militar, que agiram de forma rápida e conseguiram dar respostas ao ataque criminoso. Ele aproveitou para afirmar que em virtude do clima de instabilidade gerado no Sistema Prisional por conta da paralisação dos agentes penitenciários, a polícias vão estar prontas para garantir as visitas aos detentos no próximo fim de semana.

“O Estado vai garantir o direito do preso de ter visita, mas não iremos tolerar afrontas nem ataques a órgãos públicos, agentes ou atos como o ocorrido no último fim de semana. Quem cometer este tipo de coisa será responsabilizado e entregue à Justiça. Um ataque a ônibus como este lesa aquela parcela da população que mais precisa da presença do Estado e isso não iremos permitir”, disse.

O Comandante-Geral da Polícia Militar de Alagoas, Coronel Marcos Sampaio, destacou a importância da integração entre as forças policiais que mais uma vez consegue bons resultados e elucidação do caso. Ele também repudiou a ação criminosa e disse que a PM está pronta para atuar e garantir a segurança dos alagoanos.

Também presente à coletiva, o Delegado-Geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira, parabenizou a Deic pelo trabalho integrado com a Polícia Militar e as agências de Inteligência. Ele também destacou o empenho da Segurança Pública para evitar que facções criminosas ajam em Alagoas.

 

Estado de Alagoas
Secretaria de Estado da Segurança Pública

R. Zadir Índio, 213
Centro, Maceió/ AL
57020-480

Copyright @2018
Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por TI/SSP AL