AL reduz violência pelo 13º mês consecutivo e lidera combate à impunidade no país

Por ASCOM às 05/08/2019 13:35

A Secretaria de Segurança Pública registrou que os roubos a bancos caíram 85% e assaltos a ônibus tiveram queda de 70% em Maceió

Texto de Vanessa Siqueira e Severino Carvalho

Alagoas alcançou, em julho, o 13º mês consecutivo de queda no número de homicídios. O Núcleo de Estatística e Análise Criminal (Neac) da Secretaria da Segurança Pública (SSP) registrou 83 homicídios no último mês, uma redução de 19,4% em relação a julho do ano passado.

Os números foram apresentados, na manhã desta segunda-feira (5), pelo governador Renan Filho e o secretário de Segurança Pública, Lima Júnior, durante entrevista coletiva realizada no Salão de Despachos do Palácio República dos Palmares. Os resultados alcançados comprovam a reversão da escalada da violência no estado, resultado direto da integração das forças de segurança e do investimento em inteligência policial.

Coletiva sobre redução da violência; 13º mês consecutivo (Foto: Márcio Ferreira)

“A escala da morte em Alagoas sempre foi superior a três dígitos e agora nós estamos abaixo dos três dígitos; foram 83 homicídios e com uma tendência de queda. Esse é o 13º mês consecutivo que a gente bate o resultado do mesmo mês do ano anterior”, avaliou Renan Filho.

 

O combate à impunidade, baseado em um trabalho intenso de investigação, é determinante para a sequência de queda nos índices de criminalidade, segundo o secretário da Segurança, Lima Junior. “Em Maceió, chegamos a um patamar histórico de resolução de mais de 70% dos casos de homicídio. Isso minimiza um dos fatores que mais estimula a violência, que é a impunidade. Só em 2019, tivemos 145 suspeitos de assassinato presos na capital. Quem matar em Alagoas vai ser investigado, preso e apresentado à Justiça para responder pelo crime”, disse, destacando que a taxa de esclarecimento de homicídios em AL é a melhor meta alcançada no país.

 

Nas ruas, as novas estratégias de policiamento ostensivo – como o Força Tarefa, o Ronda no Bairro e os Centros Integrados de Segurança Pública (CISP) – completam o conjunto de ações que garante segurança aos alagoanos. “Os investimentos e novos programas atingiram os objetivos. Chegar a números tão impactantes só aumenta nossa responsabilidade para evitar retrocessos. Hoje somos referência no Brasil como um dos estados que mais reduz a violência”, afirmou Lima Junior.

Coletiva sobre redução da violência; 13º mês consecutivo (Foto: Márcio Ferreira)

Os 83 Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI) cometidos em julho são o menor número da série histórica. No acumulado de janeiro a julho de 2019, o estado registrou 697 homicídios, 25,3% menos do que os 933 ocorridos no mesmo período de 2018. “O ano de 2018 foi o menos violento de toda a década. Mas eu queria dar uma notícia: em 2019, reduzimos a violência com relação a 2018 em todos os meses, o que significa dizer que o ano de 2019 certamente será o melhor da década. Isso demonstra que a Segurança Pública continua no esforço de reduzir ainda mais a violência”, projetou Renan Filho.

 

Maceió

A tendência se reflete em Maceió, que teve 28 CVLI no mês passado – uma queda de 37,8% comparado a julho de 2018, quando ocorreram 45 casos. Entre janeiro e julho deste ano, foram 206 homicídios na capital, 102 a menos que no mesmo período do ano passado, o que representa uma redução de 33,1%.

Coletiva sobre redução da violência; 13º mês consecutivo (Foto: Márcio Ferreira)

A integração entre as polícias do Estado, as de estados vizinhos e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) resultam na diminuição dos roubos a banco e de cargas. De janeiro a julho de 2019, foram registrados três roubos a banco, 85% menos que os sete primeiros meses de 2018. Não houve casos em julho.  Nos roubos de carga, a queda foi de 43,3% no período, com 34 casos registrados. “A troca de informações é constante com as polícias de outros estados. Com inteligência, atingimos um índice de elucidação dos ataques a agências bancárias de quase 100%, até mesmo com flagrantes de tentativas de arrombamento”, destacou o secretário Lima Júnior.

Com apenas dez assaltos a ônibus mês passado, Maceió tem queda de 70,6% nas ocorrências em relação a julho de 2018. No acumulado do ano, a redução é de 71,7%. A apresentação dos números reuniu toda a Cúpula da Segurança Pública no Palácio República dos Palmares. Ao lado do secretário de Estado da Ressocialização e Inclusão Social, Marcos Sérgio, o governador também apresentou números do sistema prisional alagoano, que este ano não registrou fugas até o momento.

Estado de Alagoas
Secretaria de Estado da Segurança Pública

R. Zadir Índio, 213
Centro, Maceió/ AL
57020-480

Copyright @2019
Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por TI/SSP AL