Caso Adriana Rogério: marido de vítima que estava foragido se apresenta na sede da Deic

Por ASCOM às 30/09/2019 18:18

Segundo delegado Thiago Prado, mandante do sequestro pode ser condenado a mais de 25 anos de prisão

Texto de Vanessa Siqueira 

O último foragido envolvido no caso do sequestro de Adriana Rogério da Rocha, de 44 anos, se apresentou, na tarde desta segunda-feira (30), na sede da Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic), no bairro da Santa Amélia. Jorge Tadeu Gomes Alves, de 43 anos, marido da vítima, chegou à delegacia acompanhado de um advogado. Ele estava foragido desde o dia 24 deste mês.

Segundo o delegado Thiago Prado, durante depoimento nesta tarde, Jorge Tadeu fez uso do direito constitucional ao silêncio e não respondeu a nenhuma pergunta. Com a sua apresentação à autoridade policial, o inquérito instaurado segue para a fase final e Tadeu pode ser condenado pela Justiça a cumprir pena de mais de 25 anos de prisão.

No último dia 25, equipes policiais conseguiram localizar, no município de Marechal Deodoro, José Mirosmar Duarte dos Santos. Ele foi localizado escondido na casa de um parente. A ação contou com a participação da Delegacia de Roubos da Capital (Derc) e Mirosmar não reagiu à prisão e confirmou, em depoimento, que o sequestro foi planejado pelo esposo da vítima, Jorge Tadeu.

Adriana Rogério foi sequestrada no dia 23 no estacionamento de um supermercado localizado na Gruta de Lourdes. De lá, ela foi levada para um cativeiro, localizado no município de Pilar, onde ficou até ser localizada no dia 25.

Além do marido da vítima, outras quatro pessoas participaram do sequestro.  Um deles, identificado como Fabricio Queiroz da Silva, atirou contra as equipes policiais no momento em que recebeu voz de prisão e as polícias responderam à injusta agressão sofrida. Fabrício ficou ferido e não resistiu, vindo à óbito. Outros dois homens, identificados como Walisson dos Santos Porfirio e Kennedy Gomes da Silva, foram presos.

Participaram da operação equipes da Divisão Especial de Investigação e Captura (Deic), 2ª Seção da Polícia Militar, 4ª Companhia de Polícia Militar Independente (CPM/I) e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público Estadual (MPE).

 

Estado de Alagoas
Secretaria de Estado da Segurança Pública

R. Zadir Índio, 213
Centro, Maceió/ AL
57020-480

Copyright @2019
Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por TI/SSP AL