Aplicativo Salve Maria garante prisão de homem que ameaçou a própria filha, em Maceió

Por ASCOM às 05/05/2022 13:35

Ferramenta é uma das opções que mulheres podem recorrer para denunciar casos de violência

Texto de Vanessa Siqueira

Um homem foi preso, na tarde desta quarta-feira (04) por ameaçar a integridade física da própria filha, no bairro de Ipioca. A prisão aconteceu após a jovem denunciar o caso de violência contra a mulher pelo aplicativo Salve Maria, fruto de uma parceria entre a Secretaria da Segurança Pública e a Secretaria da Mulher e Direitos Humanos (Semudh).

O aplicativo é um dos canais de combate à violência contra a mulher e tem prioridade no atendimento. A jovem acionou o botão de pânico no aplicativo após ver o pai de 64 anos realizar diversas ameaças, colocando sua integridade física em risco.

Assim que a ocorrência foi registrada no Centro Integrado de Operações da Segurança Pública (Ciosp), uma guarnição motorizada da Patrulha Maria da Penha foi acionada para verificar a denúncia com caráter de urgência.

Ao chegar ao local, foi constatado que o homem possuía sinais de embriaguez e estava nitidamente descontrolado, realizando ameaças de violência contra a filha. Diante dos fatos, ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes, no bairro do Farol, onde foi lavrada a prisão em flagrante pelos crimes de ameaça e injúria, com base na Lei Maria da Penha.

Violência contra a mulher tem prioridade no atendimento

Qualquer alagoana que se sentir ameaçada ou estiver em situação de perigo pode buscar auxílio das forças policiais por meio do 190 ou pelo aplicativo Salve Maria. Assim que uma ocorrência de violência contra a mulher dá entrada no sistema do Ciosp, os atendentes são orientados a cadastrar o fato como prioridade no sistema. A informação é enviada às mesas de operadores, que repassam às guarnições o pedido de atendimento prioritário.

Além do 190, as mulheres alagoanas também podem solicitar ajuda nestes casos por meio do aplicativo Salve Maria. O aplicativo conta com uma interface interativa, de fácil utilização, que permite a vítima acionar os mecanismos de defesa em casos de violência contra a mulher. Por meio deste serviço, a polícia pode ser acionada com a opção “botão do pânico”, além de também ser possível o envio de denúncias anônimas sobre agressões (físicas, morais ou psicológicas), com detalhamento de informações, fotos e vídeos. O aplicativo está disponível para download no Google Play e na Apple Store.

Estado de Alagoas
Secretaria de Estado da Segurança Pública

R. Zadir Índio, 213
Centro, Maceió/ AL
57020-480

Telefones:
Recepção: (82) 3315-2378 / Protocolo: (82) 3315-2381 / Administrativo: (82) 3315-2357

E-mails:
protocolo@seds.al.gov.br / seds@seds.al.gov.br

Copyright @2022
Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por TI/SSP AL