Aplicativo do Disque-Denúncia auxilia SSP na elucidação de crimes

Por ASCOM às 09/10/2017 10:10
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someonePrint this page

Em um ano, versão mobile já recebeu mais de 300 denúncias e é finalista do prêmio Ações Inovadoras, da Seplag

Texto de Vanessa Siqueira

A população tem desempenhado um papel importante no combate ao crime em Alagoas, realizando denúncias anônimas. A prova da eficiência das informações prestadas pela população são os resultados obtidos. A ferramenta do Disque-Denúncia 181 já recebeu quase oito mil denúncias em um ano.

 

Em agosto de 2016 foi desenvolvido pelo núcleo de informática da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) o aplicativo do Disque-Denúncia, com o objetivo de facilitar que as pessoas possam realizar denúncias. A versão mobile está disponível atualmente para dispositivos Android.

 

Desde sua criação, o aplicativo já recebeu 301 denúncias, a maioria delas referente a tráfico de drogas e homicídios. Muitas das informações resultaram em prisões e identificação de suspeitos de crimes em Alagoas.

 

Em junho, policiais da Asfixia prenderam Renildo Tenório dos Santos, de 37 anos, no bairro de Bebedouro. Ele é acusado de roubo e estava foragido desde 2006. Foi graças a uma denúncia realizada por meio do aplicativo que a polícia conseguiu dar cumprimento ao mandado de prisão expedido contra ele pela 16ª Vara Criminal da Capital.

 

Já em agosto deste ano um homem foi preso e uma fábrica clandestina de produtos de limpeza foi fechada, no bairro do Benedito Bentes. A denúncia chegou também por meio do aplicativo e repassada a policiais militares do 5º Batalhão, que realizaram a prisão e o flagrante do funcionamento ilegal da fábrica.

 

A coordenadora do Disque-Denúncia, Ginah Wanderley, explicou que todas as denúncias que são recebidas são avaliadas e encaminhadas aos setores específicos para que haja andamento aos procedimentos cabíveis. Ela destaca a importância das pessoas fornecerem o maior número de informações sobre o fato para que as equipes possam traçar as estratégias necessárias e chegar aos alvos com mais precisão.

“As pessoas não são identificadas nem quando ligam para o 181 nem quando realizam a denúncia pelo aplicativo. É importante repassarem o endereço, bairro, cidade, se tiver fotos, áudio e vídeos da denúncia, pois todas essas informações serão muito importantes para a investigação”, disse Ginah.

 

O chefe de informática e sistemas da SSP, tenente coronel BM Wolbeck Godoi, explica que a plataforma mobile oferece ao cidadão a oportunidade de realizar denúncias de tráfico de drogas, homicídios, foragidos, armas de fogo, roubo, venda ilegal de gás de cozinha, estupro, maus tratos, violência contra a mulher, crimes ambientais, entre outras modalidades.

 

“Estamos fazendo um aprimoramento no aplicativo para facilitar que a população denuncie e traga sempre mais detalhes do crime. Nosso sistema não guarda nenhuma informação do denunciante, já que mantemos o anonimato das pessoas”, explica Godoi.

 

Finalista do concurso Ações Inovadoras

 

O aplicativo do Disque-Denúncia 181 é um dos grandes finalistas do VII concurso de Ações Inovadoras, idealizado pelo Governo de Alagoas e promovido pela Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag). O concurso tem como objetivo reconhecer e fomentar ideias que reconfiguram o Executivo de Alagoas. A ação é parte das ações comemorativas do Mês do Servidor 2017.

 

A solenidade de premiação acontecerá no dia 7 de novembro, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, no bairro de Jaraguá.

Estado de Alagoas
Secretaria de Estado da Segurança Pública

R. Zadir Índio, 213
Centro, Maceió/ AL
57020-480

Copyright @2017
Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por TI/SSP AL